quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Charge de Ênio Lins


Como era de se esperar, as manchetes dos jornais de hoje, no mundo inteiro, fazem menção ao presidente eleito Barack Obama. O destaque é o fato de que se trata do primeiro negro a ocupar a Casa Branca. A questão racial sempre foi um dos principais focos de hiprocrisia do povo americano, levado constantemente a reproduzir práticas de intolerância contra negros. Obama não fez uso de sua negritude ao longo da campanha. Seu propósito, parece-me, foi demonstrar que a democracia está acima de questões raciais (embora não se possa fechar os olhos para ela...) e que a sua capacidade de administrar a mais rica nação do mundo não pode ser mensurada pela cor da pele. A questão inspirou o chargista Ênio Lins, da Gazeta de Alagoas. Haja criatividade...

Um comentário:

Thales Leão disse...

kkkkkkkkkk
Realmente, "the black house" foi pra rir mesmo! rsrs